O descontentamento no BACEN – entrega da Carta de Apoio aos Chefes de Unidade

Quase todos Chefes de Unidade tomaram conhecimento do descontentamento do Analistas para com o tratamento que vem recebendo por parte da Diretoria.

Foi redigida e assinada, no âmbito de cada departamento, uma Carta de Apoio esclarecendo os pontos da Emenda 51 para estabelecer um contato inicial com os gabinetes e para o devido repasse aos respectivos diretores.

Segue status da entrega das cartas aos chefes de unidade:

Entrega de cartas

Nota:

  1. O status de entrega das cartas das regionais será atualizado neste post, muitas foram recebidas em formato digital. Essas cartas serão direcionados aos gabinetes dos respectivos departamentos e/ou diretorias.
  2. Infelizmente alguns poucos Chefes de Unidade, em postura receosa, receberam a Carta de Apoio, mas manifestaram que não entregarão ao seu respectivo diretor.

Mobilização dos dias 13, 14 e 15/09

Nos dias 13, 14 e 15/09 a mobilização se intensificou de forma crescente, atingindo um quantitativo muito significativo de Analistas das mais diversas áreas do Banco Central.

Concentrados inicialmente no segundo subsolo, a subida ao vigésimo andar foi arrefecida pela direção, que impôs o limite de 80 pessoas na sala de espera da presidência por motivos de segurança, mas não evitou o protesto dos Analistas.

No dia 15/09, após a sessão de esclarecimentos e troca de informações, iniciada a subida ao vigésimo andar, o grupo de Analistas deparou-se com as portas de acesso à presidência fechadas!

Esse dia coincidiu com a chamada de todos Chefes de Unidade pela Diretoria de Administração para reunião iniciada às 15h sobre a crise de gestão hoje instalada no Banco Central, o que provavelmente resultou no isolamento da área.

Estamos a aguardar as informações repassadas às chefias pela direção. Os contatos realizados sinalizam que a mobilização deve continuar!

O canto de indignação de todos continua!

 

Mobilização dia 12/09

Presença maciça de Analistas no 2o subsolo, onde novos esclarecimentos foram dados. Corredores cheios, inclusive nas áreas de acesso aos elevadores.

Nova subida ao 20o andar, para protesto diante do desconhecimento da alta direção quanto ao mérito da adoção integral do texto constante da Emenda 51 à MP 784/2017.

Regionais começam a tomar maior conhecimento sobre a importância da Emenda 51 ante a outras pautas comuns do funcionalismo federal.

Carta modelo para entrega aos Chefes de Departamento (Unidade)

Colegas,

Segue carta-modelo para assinatura e entrega aos Chefes de Departamento (Unidade).

Carta_ao_Diretor_-_Auditor_revisada em 14/09/2017

Carta ao Diretor – Auditor

Para embasar a discussão, sítio da emenda 51 no Senado: AQUI

Ainda, mencionem o fato da recente Portaria 291 de 12 de setembro de 2017 (AQUI) que enquadra o Banco Central do Brasil e seu principal ator na atividade fim, o Analista do Banco Central, como dispensável pela administração federal, ao não impôr limite algum à adesão ao PDV.

Os flyers de motivação já estão na página principal do blog!

Objetivo a ser deixado claro às chefias:

  1. Reverter o enfraquecimento relativo do Banco Central frente a outros órgãos do Executivo;

Missão do nosso movimento:

  1. Resgatar o protagonismo do Banco Central como instituição essencial à República e garantir que seus servidores sejam os mais bem preparados do Estado.